Conheça os melhores materiais para prótese dentária 

Existem diferentes tipos de materiais que podem ser utilizados pelo técnico na hora de confeccionar a prótese dentária, porém, a qualidade dos materiais e algumas características técnicas podem influenciar muito no resultado do trabalho.

Por isso, convidamos a TPD Beatriz Vieira, especialista em prótese total e protocolos acrílicos com mais de 16 anos de experiência para compartilhar aqui, no blog da Dental Cremer Lab, alguns dos materiais que ela utiliza no dia a dia laboratorial e que fazem total diferença na execução e resultado dos trabalhos em resina. Confira:

Melhores materiais para prótese dentária

Gessos

A qualidade do gesso pode interferir e muito no resultado final do trabalho. Você sabia que os mais recentes estudos científicos demonstram que os gessos que apresentam expansão se deformam por pelo menos 5 dias após a confecção do modelo? Evite dores de cabeça, despesas desnecessárias e retrabalhos. Utilize gessos que apresentam a menor expansão e deformação para ter segurança em seus modelos de trabalho, articulação e inclusão em mufla. Eu, particularmente, uso os gessos da Dentona.

Moldeira individual e Placa base

Para confecção de moldeiras individuais e placas base para rolete de cera utilizo dois materiais:
⁃ Na forma convencional, faço com Resina Acrílica Autopolimerizável incolor TDV;
⁃ Na Fotopolimerizável temos uma maior fidelidade e zero contração da resina. A confecção acaba sendo mais simples também. Nesse caso, utilizo a Placa Base Megatray.

Montagem de dentes

Para montagem de dentes tenho bastante segurança em montar os meus trabalhos com dentes Kulzer primeira linha, utilizo dentes Premium e Idealis (que tem a angulação da cúspide mais baixa, de apenas 5 graus, ideal para próteses mucosuportadas e que ajuda na estabilidade da prótese).
Como opção intermediária utilizo os dentes Delara. São dentes semi-anatômicos, com estética jovial e com muita tecnologia.

Inclusão em mufla

Sempre faço muralha de silicone para inclusão das próteses totais e protocolos. As marcas que utilizo são:
Silicone Zetalabor e Indurent da Zermack e Silicone Certto de adição da CNG.

Preparo para acrilização

Um material indispensável para uma boa aderência dos dentes na resina acrílica é o Agente de união Palabond.
Ele assegura uma adesão permanente entre o dente artificial e a base da prótese. O uso adequado do agente de união faz dentes artificiais que se soltam da base da prótese serem uma coisa do passado.
Não só aumenta a adesão entre os dentes e a base da prótese, mas também melhora a união entre reparos e materiais de base da prótese.

Polimerização

Antes da polimerização é necessário que a resina termopolimerizavel “descanse“ na prensa hidráulica por 12 horas, para que as moléculas de monômero e polímero se acomodem, tornando assim uma prótese mais estável e resistente.

Esses são alguns materiais que considero de extrema qualidade e que representam significativamente a qualidade dos meus trabalhos laboratoriais.

Sobre a autora:

Beatriz Vieira

Técnica em Prótese Dental
Sócia proprietária do Instituto Gineton Rodrigues – Laboratório e Centro de treinamento
Especialista em Prótese Total pela Unifaes São Paulo
Ministradora de cursos de atualização em Protocolo Acrílico e Prótese Total

Comentários

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *